Sérgio Hora Lopes

Águas do Douro e Paiva, SA / Coordenador do Conselho Científico da APDA

    Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

    É assessor das Águas do Douro e Paiva, SA e Coordenador do Conselho Científico da APDA.

    Foi docente em diversas escolas do ensino superior: Faculdade de Economia da Universidade do Porto, Instituto Superior de Serviço Social do Porto, Instituto Superior de Administração e Gestão, Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa. Lecionou disciplinas das áreas de economia política, economia portuguesa, política social, planeamento e economia e gestão do ambiente. Concebeu e dirigiu a Pós-graduação “Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável da EGE-Escola de Gestão Empresarial.

    Colaborounos seguintes livros: “Abastecimento de Água em Portugal – O Mercado e os Preços”da Comissão Especializada de Legislação e Economia da APDA, Edição da APDA, Lisboa, 2004; “Lo público y lo Privado en la Gestióndel Agua”; Edicionesdel Oriente y del Mediterráneo, Junio de 2005, Madrid; “Água e Saneamento em Portugal –O Mercado e os Preços” da Comissão Especializada de Legislação e Economia da APDA, Lisboa, com edições de 2006, 2008, 2010, 2012 e 2014.

    Os Nossos Autores

    Leonor AmaralLeonor Amaral
    Diretora da Indústria e Ambiente / Professora na FCT-UNL

    Jaime BragaJaime Braga
    Engenheiro

    Paula F. da SilvaPaula F. da Silva
    Professora Auxiliar e Investigadora do GeoBioTec

    Ana GalvãoAna Galvão
    Professora Auxiliar no IST

    Filomena LoboFilomena Lobo
    Diretora do Departamento de Sistemas de Gestão de Resíduos na ERSAR

    Rui RodriguesRui Rodrigues
    Investigador no Núcleo de Recursos Hídricos e Estruturas Hidráulicas, LNEC

    ver todos »

    Edição Atual

    Nº 122, maio/junho 2020

    Newsletter Indústria e Ambiente

    Receba quinzenalmente, de forma gratuita, todas as novidades e eventos sobre Engenharia e Gestão do Ambiente.


    Ao subscrever a newsletter noticiosa, está também a aceitar receber um máximo de 6 newsletters publicitárias por ano. Esta é a forma de financiarmos este serviço.